Saltar para os conte√ļdos

Viver

ūüé• Unidos e Solid√°rios numa luta de todos!

O Munic√≠pio de Ponte de Sor tem liderado, desde o in√≠cio da pandemia, a articula√ß√£o e apoio entre as nossas estruturas residenciais, centros de dia, CRIPS, corpo de bombeiros, prote√ß√£o civil municipal e distrital, Cruz Vermelha, Agrupamento de Escolas e, obviamente, autoridades de sa√ļde locais e administra√ß√£o da Unidade Local de Sa√ļde do Norte Alentejo. Promoveu encontros, sess√Ķes de esclarecimento e reuni√Ķes com todos os atores locais e regionais, numa comunica√ß√£o pr√≥xima, aberta e constante desde a primeira hora.

Reagiu prontamente na execu√ß√£o da √Ārea Dedicada ao COVID (ADC Comunit√°ria) junto ao Centro de Sa√ļde de Ponte de Sor, na implementa√ß√£o de um drive thru para testagem no Est√°dio Municipal, na prepara√ß√£o, nessa mesma localiza√ß√£o, de um centro de isolamento municipal.

Esses esfor√ßos conjuntos capacitaram as nossas institui√ß√Ķes para enfrentarem esta pandemia, num processo dialogado e pr√≥ximo, que permitiu a aquisi√ß√£o de equipamentos de prote√ß√£o individual, o refor√ßo das verbas ao funcionamento das institui√ß√Ķes, a a√ß√£o r√°pida e musculada de testagem e acompanhamento dos recentes surtos e a monitoriza√ß√£o do in√≠cio da campanha nacional de vacina√ß√£o ou na organiza√ß√£o de um programa de testagem para os jovens residentes do concelho a frequentar o ensino superior.

Durante estes meses pudemos testemunhar a competência e a resiliência com que os órgãos sociais e os funcionários destas estruturas residenciais e demais entidades encararam este duro combate, de forma incansável, profissional e corajosa. Por isso deixamos a todos os profissionais e voluntários que têm assumido a linha da frente da defesa dos seus utentes, que são os mais vulneráveis da nossa comunidade e os mais suscetíveis aos efeitos mais violentos do SARS-COV-2, um profundo reconhecimento e agradecimento.

Face ao cen√°rio de surtos, o Munic√≠pio construiu uma bolsa de funcion√°rios seus para exercerem temporariamente fun√ß√Ķes nas estruturas residenciais a necessitarem de mais meios humanos. A este apelo do Munic√≠pio, os seus funcion√°rios responderam voluntaria e civicamente com a sua total disponibilidade, num ato de grande coragem e altru√≠smo.

√Č no seu exemplo de for√ßa e coragem que nos devemos todos inspirar para resistir √† dram√°tica situa√ß√£o vivida no concelho e no pa√≠s, dando cada um de n√≥s, √† nossa medida, o nosso valioso contributo.

N√£o desistiremos! Cumpra com o confinamento. Proteja-se e proteja os seus.